O projeto que prevê a transferência da gestão do Ceagesp – principal entreposto de produtos da América Latina – do governo estadual para a iniciativa privada e ainda transferir sua sede, hoje instalada na cidade de São Paulo por outros locais menores, espalhados por terrenos próximos às rodovias em toda a Grande São Paulo está caminhando para um novo momento.

Foi publicada no sábado, 4/7, uma resolução no Diário Oficial que autoriza o setor privado a apresentar pedidos de autorização de acesso à instalação de entrepostos de abastecimento alimentar nas rodovias Castello Branco e Rodoanel. Além dessas, as Rodovias Bandeiras, dos Imigrantes e sistema Ayrton Senna/Carvalho Pinto.

Foram apresentados duas propostas de instalação de postos na região Oeste da Grande São Paulo, como o da Lagoa de Carapicuíba, na divisa com Barueri, e também em Santana de Parnaíba, com acessos pelo Rodoanel e pela Castello, respectivamente. A resolução, além de oficializar a construção dos acessos, define regras para sua implantação. Os projetos serão avaliados por técnicos das Secretarias de Logística e Transportes e de Agricultura e Abastecimento, com consultas à Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e à concessionária da rodovia.

A a meta  do “novo Ceagesp” é “criar um modelo mais moderno e eficiente para impulsionar a retomada da economia no pós-pandemia da Covid-19”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *